A Escola SENAI “Roberto Mange” iniciou suas atividades em 16 de novembro de 1944, funcionando provisoriamente em algumas dependências do Externato São João da Congregação Salesiana. Em janeiro de 1951, a Escola SENAI de Campinas passou a funcionar em prédio próprio situada na Avenida da Saudade,  125. Após o falecimento do Dr. Roberto Mange, primeiro Diretor Regional do SENAI-SP, deu-se o seu nome à Escola SENAI de Campinas que passou a se chamar Escola SENAI “Roberto Mange”, num ato realizado no dia 19 de novembro de 1955.

 

Com o crescente desenvolvimento do parque industrial de Campinas, o SENAI decide-se pela construção de uma nova unidade para atender a demanda. Construiu-se um prédio de 11.735,29 m². O início das atividades dessa nova unidade deu-se em 16 de fevereiro de 1976, recebendo parte das oficinas de Aprendizagem e criação de outras novas ocupações e permaneceu como Escola SENAI “Roberto Mange” nas duas dependências, sendo a da Rua Pastor Canuto Cícero Lima, designada como Unidade I e a da Avenida da Saudade como Unidade II. A inauguração oficial desse novo prédio deu-se em 19 de setembro de 1977, pelo Exmo. Sr. Ministro do Trabalho, Dr. Arnaldo da Costa Prieto.

Com a desativação da Aprendizagem das ocupações de Serralheria e Caldeiraria, os equipamentos foram transferidos para a unidade escolar de Paulínia e instalado o curso naquela unidade, a Escola SENAI “Roberto Mange” recebeu investimentos próximos a cinco milhões de reais para instalação de laboratórios de robótica para criação do Curso Técnico de Mecatrônica e Eletroeletrônica. Os Cursos Técnicos foram implantados em 2002. Em 2003, ainda por conta desses investimentos, foi construído um auditório moderno com capacidade para 200 pessoas.

No primeiro semestre de 2005 foi implantado o Curso Técnico (Inédito) de Construção de Ferramentas, em substituição ao antigo Curso de Especialização Profissional de Ferramenteiro. Para esse projeto foram destinadas verbas em torno de dois milhões e oitocentos mil reais.

Diante deste cenário, a Escola SENAI “Roberto Mange” entende que a educação é uma das vertentes fundamentais para o crescimento da economia, seja pelo efeito direito sobre a melhoria da produtividade do trabalho, formação de trabalhadores mais eficientes e capital humano ou seja pelo aumento da capacidade do país de absorção e geração de novas tecnologias. Pois, seu posicionamento competitivo na Indústria Brasileira está apoiado na agregação de valor e na inovação, no desenvolvimento de competências profissionais adequadas às necessidades do setor produtivo e no fomento ao empreendedorismo e à criatividade, fatos esses comprovados através do estudo regional para a implantação do Curso Superior de Tecnologia e a adequação ao novo perfil profissional do Mecânico de Usinagem com foco em tecnologias a CNC.

A Escola SENAI “Roberto Mange” atua nos cursos de Aprendizagem Industrial, Cursos Técnicos, Formação Inicial e Continuada do Trabalhador, atendimentos de programas sob medida para as empresa e entidade, convênios, o “Novo Telecurso” e os Cursos Superiores de Tecnologia em Fabricação Mecânica e de Pós Graduação em Usinagens Especiais, com perfil inédito formatado em base por competências. Desta forma alterou-se a denominação da unidade para Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI "Roberto Mange".

 

Diretores da Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI "Roberto Mange"

Jorge Camargo - de 30/05/44 a 16/06/46

Mozar Viana - de 01/09/46 a 31/03/48

Mário Portes - de 01/04/48 a 15/02/53

Edmur Monteiro - de 16/02/53 a 16/11/53

Ophir Corrêa de Toledo - de 16/11/53 a 28/02/77

João Loureiro - de 11/04/77 a 31/01/05

Pedro Humberto Contieri Filho - de 01/02/05 a 04/11/2016

João Ulysses Laudissi – de 07/11/2016 a 12/12/2018

Eversor de Aro Capobianco - desde 02/01/2019