SENAI de Campinas oferece 80 vagas gratuitas para o Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas

 

O SENAI Roberto Mange, em Campinas, oferece 80 vagas gratuitas (manhã e tarde) para o curso técnico em desenvolvimento de sistemas. Com foco em atividades práticas contextualizadas com internet das coisas (IOT), robótica, automação industrial e sistemas de controle informatizados, conceitos inerentes à indústria 4.0.

Na indústria 4.0, os computadores estão interconectados e os dados de processos são acessados, gerenciados e definidos por sistemas que necessitam da intervenção do profissional de Desenvolvimento de Sistemas. Por isso, aprender o conceito aliado à prática leva à formação de um profissional completo para inserção imediata no mercado de trabalho.

Para participar do processo seletivo, os interessados devem fazer a inscrição no site sp.senai.br/processoseletivo até as 21h do dia 20 de março. A seleção é realizada por meio de processo seletivo unificado e a prioridade para o preenchimento das vagas segue a seguinte sequência: candidatos encaminhados formalmente por empresas contribuintes do SENAI-SP, candidatos encaminhados formalmente por empresas não-contribuintes, desde que tenham contrato com o SENAI-SP e, posteriormente, candidatos da comunidade.

 

Processo seletivo – Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas no SENAI Roberto Mange

Período da manhã – 40 vagas

Período da tarde – 40 vagas

Taxa de inscrição: R$ 63,00 (candidatos da comunidade)

Inscrições em sp.senai.br/processoseletivo até as 21h do dia 20 de março

 

Requisitos:

Para os candidatos da comunidade, é necessário que tenham concluído, no mínimo, a 1ª série do Ensino Médio ou que estejam matriculados em curso que lhes permita concluí-la até a data de início das aulas. A idade máxima não se aplica para os candidatos da comunidade.

Para os candidatos encaminhados formalmente por empresas, é necessário que tenham concluído, no mínimo, a 1ª série do Ensino Médio ou que estejam matriculados em curso que lhes permita concluí-la até a data de início das aulas e que tenham, no mínimo, 14 anos na data de início do curso e, no máximo, idade que lhes permita concluí-lo antes de completar 24 anos, exceto para pessoas com deficiência, conforme parágrafo 5º do artigo 428 da CLT (incluído pela Lei no 11.180, de 2005).

Para os candidatos que são alunos do Ensino Supletivo, é necessário que comprovem a conclusão de 50% do curso.

  

Sobre o Curso

O curso tem como objetivo habilitar profissionais para desenvolver e testar sistemas, tanto para internet quanto para dispositivos móveis (celular, smartphone, smartwatchs, entre outros) e computadores (desktop), de acordo com as metodologias mais usadas no mercado.

 

Programação do curso

Fundamentos de programação orientada a objeto
Sistemas operacionais
Hardware e redes
Linguagem de marcação
Programação web front-end
Banco de dados
Programação web back-end
Interfaces para dispositivos móveis
Programação para dispositivos móveis
Requisitos e modelagem de software
Testes de software
Projetos

 

Horário das aulas:

Manhã: das 07:30 às 11:30 (segunda a sexta-feira)

ou

Tarde: das 13:30 às 17:30 (segunda a sexta-feira)

 

Mercado de trabalho

O mercado para um desenvolvedor de sistemas é muito amplo.

Existem oportunidades de atuação em instituições públicas, privadas e do terceiro setor. Além disso, o técnico em Desenvolvimento de Sistemas tem ótimas oportunidades em se tornar um empreendedor.